CONTEÚDOS

Dicas para os atletas vegetarianos!

A prática esportiva expõe o organismo a situações de alta demanda metabólica e por isso a adequação nutricional é essencial!
postado em : 08/12/2015

A prática esportiva expõe o organismo à situações de alta demanda metabólica e por isso a adequação nutricional é essencial para evitar lesões e patologias.

As dietas adotadas pelos vegetarianos são caracterizadas basicamente pela exclusão da ingestão de carnes de maneira geral e em alguns casos de outros alimentos de origem animal. Esse padrão alimentar gera elevado consumo de carboidratos, fibras, magnésio, potássio, folato e antioxidantes, podendo apresentar deficiências em aminoácidos e ácidos graxos essenciais, cálcio, zinco, ferro e vitamina B12 caso não apresente variedade e a combinação correta de alimentos.

Apesar do conteúdo protéico dos alimentos de origem vegetal ser frequentemente menor e de apresentarem menor valor biológico, pois possuem aminoácidos limitantes, pesquisadores sugerem que a dieta vegetariana pode oferecer todo conteúdo de proteína necessária, inclusive para aqueles esportes que necessitam de maior ingestão protéica, sendo a suplementação uma escolha arbitrária.

A Vitamina B12 também é uma preocupação para atletas vegetarianos, pois suas principais fontes alimentares são de origem animal. A ingestão reduzida dessa vitamina está associada, nas dietas vegetarianas, aos altos níveis de homocisteína, quadro que prejudica os sistemas antioxidantes do organismo, causa dor e inflamação, gera enfraquecimento do sistema imunológico e sugere risco de desenvolvimento de doenças cardíacas. Por isso a suplementação de Vitamina B12 torna-se necessária tanto para saúde quanto para o rendimento do atleta.

Cálcio, Ferro e Zinco  são minerais que participam da contração muscular, transporte de oxigênio e sistema antioxidante respectivamente. Então seus níveis adequados são fundamentais a todos os atletas, e a avaliação por meio de exames irá determinar a necessidade de suplementação em vegetarianos.

Por ser ausente em creatina, pesquisas indicam que apesar da produção natural endógena, a dieta vegetariana resulta em estoques musculares mais baixos dessa substância o que sugere a suplementação em atletas vegetarianos de alto rendimento.

L-carnitina é outra substância que merece a atenção de atletas vegetarianos pois pesquisas revelam que vegetarianos apresentam níveis inferiores de L-carnitina no sangue devido sua ingestão e de seus precursores para produção endógena ser reduzida. Sua deficiência pode gerar menor desempenho e uma rápida exaustão dos músculos, indicando que a suplementação beneficiaria a performance.

Voltar